BIOGRAFIA

Paulo Antônio Figueiredo Pagni nasceu em São Paulo no dia primeiro de Junho de 1958, as 9h. Germiniano,filho único do ex-farmacêutico e agora fazeneiro Orestes Pagni e de D. AParecida.
Pa foi o último a entrar no RPM. A banda RPM precisava de um baterista, pois sem baterista, não dava pra gravar. Schiavon lembrou-se então de Paulo Pagni, que havia conhecido quatro anos antes, em uma improvisada jam-session, os dois tocaram juntos umas 2 vezes. 
Quando Luiz ligou para Paulo Pagni ele nem lembrava de Luiz Schiavon e mesmo assim aceitou o convite de tocar. Era um músico experiente que havia passado algum tempo nos EUA e que de volta ao Brasil montara um estúdio de ensaios, o Planeta Gullis. Em janeiro de 1985, P.A. entrou para o RPM como convidado, no meio da gravação do LP. Em março de 1985, a banda voltou a fazer shows e foi em um destes shows, no Noite Carioca, que Ney Matogrosso se interessou pelos garotos que após uma conversa com Manoel Poladian resolveram que o Ney seria o diretor dos shows.
1987
Certamente êxito do RPM, no entanto, causou uma superexposição da banda e os problemas internos começaram a aparecer. Em 1987, Deluqui e Paulo Pagni abandonaram a banda, retornando somente em março de 1988, quando foi lançado o álbum "Quatro Coiotes". Um ano depois, a banda anunciou novamente seu fim. Em 1993, uma nova tentativa de retorno, sem a formação original, foi frustrada após o lançamento do fraco álbum "RPM"


2002-2004
P.A voltou a trabalhar com os parceiros do RPM e lançando o single "Vida Real", que foi tema de abertura do programa Big Brother Brasil da Rede Globo. No final do mesmo ano teve início o trabalho com a MTV para lançamento de um especial do RPM com CD e DVD. O álbum "MTV RPM 2002", foi gravado ao vivo no teatro Procópio Ferreira, em São Paulo, nos dias 26 e 27 de março 2002. O trabalho vendeu mais de 300 mil cópias do CD e 50 mil cópias do DVD. O ano de 2002 foi repleto de realizações. Em 2003, após divergências entre os integrantes, o RPM novamente é desfeito. Surge então a banda P.R5 que era formada por Paulo Ricardo junto com Paulo P.A. Pagni, Jax Molina, Juninho, Paulinho Pessoa e Yann Lao ex- Metrô. Em 2004 foi lançado o trabalho “Zum Zum” que foi um fracasso de vendas.

2007-2012
Em dezembro de 2007 é lançado o livro “Revelações Por Minuto”, contando a história do RPM de autoria de Marcelo Leite de Moraes com fotos de Rui Mendes. O tão esperado BOX comemorativo dos 25 anos do RPM é lançado em julho de 2008, contendo os três CDs da banda, um CD de raridades e um DVD com o show “Rádio Pirata” de 1986 no Anhembi em São Paulo e gravações de programas como Chacrinha, Mixto Quente e Globo Repórter. Em 2010, a Rede Globo produziu o especial “Por Toda a minha Vida” sobre o RPM. O programa apresentou a trajetória da banda do início até o fim em 1989. Com depoimentos dos próprios músicos e de pessoas ligadas à história da banda, o programa foi um estopim para um novo retorno. No início de 2011 Paulo Ricardo e Luiz Schiavon já estavam compondo novas canções e ensaiando com Fernando Deluqui e Paulo P.A. Pagni. O show que marcou o retorno foi no encerramento da Virada Cultural em São Paulo, no dia 17 de abril de 2011. O lançamento oficial da nova turnê da banda foi no dia 20 de maio do mesmo ano, no Credicard Hall, em São Paulo, apresentando as novas canções e os clássicos dos anos 80. Já o lançamento do álbum “Elektra” foi no dia 18 de novembro de 2011, no Citibank Hall, no Rio de Janeiro. O novo trabalho, traz um CD duplo com 12 canções inéditas, com destaque para “Dois Olhos Verdes”, “Muito Tudo”, “Ela é Demais (Pra mim)” e a regravação de “Ninfa”. O CD 2, é composto por sete, das doze canções inéditas, remixadas pelo DJ Joe K.
    Blogger Comment
    Facebook Comment

4 comentarios:

  1. Esse moço é muito simpático, muito educado, muito simples. Vale a pena conhece-lo. Um grande abraço.

    ResponderEliminar
  2. Você é o cara PA. A maior alma do RPM, grande batera

    ResponderEliminar
  3. Entrevistei P.A junto com os integrantes do RPM. Todos muito gentis, talentosos, sem estrelismos. P.A especialmente carinhoso. Ficará para sempre uma lembrança doce deste músico inigualável!

    ResponderEliminar
  4. Esse vai fazer falta. Um excelente profissional. Vá com os anjos, camarada!! Sentimentos aos amigos e familiares.

    ResponderEliminar